Quem passou por aqui

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Bem feito

Você é ignorado,
bem feito!
Você recebe um xingamento,
bem feito!
Você leva um tapa na cara,
bem feito!
Você ganha um soco no estômago,
bem feito!
Você é violado,
bem feito!
Você perde a batalha,
bem feito!
Você vê, ouve, sente o amargo na boca,
bem feito!

Você tenta,
...
Você levanta,
...
Você sorri,
...

Um sorriso lhe sorri de volta
e a garganta prende...
Bem feito.


Luiz Augusto Rocha

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Asas

Minhas asas
são folhas,
não de papel
(que é tronco),
das copas.

Certo tempo,
caem
todas elas
e me sinto nu.

Quando voltam,
com seiva,
voo alto
e caio.

Todas as asas
deveriam ser
de folhas
(qualquer tipo)
ao vento.

Luiz Augusto Rocha

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Amor de verdade

A menina conheceu o sexo
e fez sem saber exatamente
o que estava fazendo.

O menino não era tão diferente,
já se masturbava com frequência
e dizia que não era mais virgem.

Ela tinha nove anos,
ele tinha onze anos
e um tinha ao outro.

Antes disso tudo acontecer,
a mãe trouxe a pílula e disse: “Toma!
Se embuchar, ta no olho da rua”.

Luiz Augusto Rocha