Quem passou por aqui

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Estradinha


Não tenho um cão.
Tenho a Estradinha,
um pedacinho de alegria
no meio do caminho.

A minha cadelinha
late, pula, faz festa,
lambe e me desobedece:
o que mais fazer?

Não sei, vou tentando
com que ela me obedeça.
“Vá para fora, Estradinha!”.
Ela olha e sorri despreocupada...


Luiz Augusto Rocha

Nenhum comentário: