Quem passou por aqui

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Surdez voluntária

Cinco minutos do dia
eu queria ser surdo,
não ouvir nada,
absolutamente nada.

Porque em tudo
há ruído, muitos
barulhos insensíveis,
cortados, roídos.

Depois da breve pausa,
que já não tem mais sentido,
quero minha audição novamente,
para eu ouvir sua voz.

Luiz Augusto Rocha

Nenhum comentário: